Reconexão – Frequências Ressonantes – Aspecto Fractal da Holografia Universal – Geometria Sagrada

Reconexão

– Frequências Ressonantes –

Aspecto Fractal da Holografia Universal

Geometria Sagrada

 

 

Geometria Sagrada

 Formas geométricas descrevem o crescimento, a interação e a integração de todos os sistemas existentes, conhecidos ou ainda desconhecidos, desde as forças que promovem as ligações atômicas dentro dos átomos até formas, das mais simples às mais complexas, até a composição de galáxias.

 Geometria sagrada é o idioma configurado dos componentes elementares da força criadora que dá origem a toda a Vida e, como tal, oferece um canal direto para a Consciência Primeira com a Fonte.

 Esta linguagem ultrapassa o perímetro dogmático do intelecto para transmitir o conhecimento que existe para além e fora do alcance da religião, filosofia, crença ou descrença.

 Geometria sagrada é uma “linguagem” pura, que não se importa com o país de seu nascimento, a cor da sua pele ou suas crenças culturais. Ela expressa a harmonia da inter-relação que está no cerne da criação, transmissão de padrões de frequência que ressoam com o projeto original da Humanidade.

 O código de DNA humano é construído sobre vias de frequências de ultra-organizada Inteligência criativa. A infra-estrutura vibratória deste projeto está escrito na linguagem geométrica de luz.

 O SER Humano é o órgão sensorial para a ascensão planetária e a Terra é o órgão contra ressonante para a ascensão humana.

 Nos tornamos conscientes dos nossos campos de energia e das vibrações das frequências eletromagnética e da importância em nossa neurobiologia e bioquímica. Através das descobertas feitas na área da genética, vamos nos tornando conscientes de que há uma ciência conjunta a espiritualidade, e que nossa química afeta nossa consciência. Levando isso ainda mais adiante, agora estamos fazendo a conexão entre o estado mutante do nosso DNA e as insanidades global de genocídio, guerra e sofrimento humano sem fim. A consciência dessa conexão é a próxima revolução que está a caminho e que levará irremediavelmente ao fim destas insanidades.

 A Humanidade desperta para uma nova consciência do seu existir, do seu corpo como um organismo que é parte  integrante da realidade existencial, e somos levados a adquirir domínio sobre nossos próprios mecanismos internos e a descobrir como podemos interagir e co-criar a realidade em que nos encontramos. Em vez de procurar a experiência fora do corpo, a fim de realizar a nossa identidade espiritual, estamos começando a compreender que o nosso ser físico é a manifestação dessa identidade, é o instrumento desta realidade dimensional que conhecemos como física e material,  e passamos a perceber que os veículos físicos em que encarnamos é qo que nos permitirá transcender esse medo baseado na realidade limitada e a criar, através da ressurreição de nosso potencial humano, um novo paradigma – uma idade de ouro.

 Essa consciência da comunhão com geometria sagrada é um aspecto fundamental do despertar evolutivo da Humanidade.

 Incorporados na matriz da Humanidade – que é ‘escrita’ na linguagem da geometria sagrada da luz (axiatonal) e está fora do alcance de qualquer forma de manipulação – a infra-estrutura primária de toda a existência é luz …tudo é luz …

 À medida que interagimos com as frequências composta de um amplo espectro de Luz, Energia e Informação, entramos em comunhão com as frequências mais elevadas de criação que ressoam com o nosso projeto original da Humanidade, tal como existia antes da modificação genética do DNA humano.

 Uma das mais importantes descobertas da nova física quântica é a natureza holográfica do universo.

 Cada Humano é um aspecto fractal da holografia universal.

 A linguagem geométrica de luz que forma a matriz subjacente a este holograma é o alfabeto do novo paradigma.

Devido à sua modificação genética, a presente manifestação da raça humana não está representando a potência total desse holograma. No entanto, o ‘molde’ para o modelo imortal ainda existe na matriz original incorporados na matriz Humanos, ou seja, ainda reside dentro de cada um, em ‘modo de espera’ para ser reconectada.

 Quando interagimos com os seus campos de influência informacional sua irradiação energética emite uma frequência que comunga com a infra-estrutura vibratória do nosso projeto original, em busca de uma frequência com a qual ressoamos. Através deste feedback ressonante, a integridade estrutural do modelo original Humanos, presente na matriz original, é reforçada.

 Reconexão é quando a ‘matrix de controle’ ( do sistema de sobrevivência) é desligada e a ‘matriz original’ ( divina, do sistema Inato) é reconectada.

 Quando um projeto específico e a progressão destes códigos de criação geométrica é reconectado com os códigos de som, luz e cores (axiatonal) a biblioteca de lembrança no córtex cerebral está envolvida, uma alquimia neuro-química inicia em coerência ativa entre a infra-estrutura vibratória da Alma em reconexão com a superestrutura do corpo físico.

Esta coerência no fluxo de dados da identidade do projeto original da Humanidade, antes de modificação genética, é entregue como informações de amplo espectro de frequências de luz e informação na forma de circuitos eletromagnéticos para ser integrado pelo sistema coração-corpo-mente. Assim, o corpo humano ressonante com a matriz original é o “cálice sagrado” da Fonte manifesta.

 Seu corpo é a matriz física da sua inteligência divina reconectada a Fonte de TUDO O QUE É.

 Como a consciência onisciente se expande através do “download” do conhecimento divino natural, através do sistema de entrega de circuitos eletromagnéticos, sua matriz física se altera em conformidade. Com a aceleração de infiltrados Sistemas Inteligentes em coerência ressonante desta matriz original com o sistema coração-mente-corpo, as capacidades computacionais do indivíduo são atualizadas exponencialmente para acomodar mais e mais circuitos … A inteligência cada vez mais, em um círculo de espiral e sempre crescente evolução consciente.

( Inteligência = Interligare = capacidade de fazer ligações)

 Geometria, e a redefinição de Deus como a Fonte de TUDO O QUE É, na psique humana

 A definição equivocada de Deus é uma manipulação das mais malévola e poderosas da consciência. Este micélio de fraude foi perpetrada em uma miríade de formas, incluindo a manipulação de recordação histórica e a inserção de uma ancestralidade falsas. Essa herança falsa tem entrincheirados dentro da psique a dualidade arquetípica dos modelos demoníaca e angelical, (bem e mal) criando conflitos em camadas mais profundas de referência de comportamento humano e resultando em feridas profundas de abandono, de separação espiritual e traição.

 O influxo de Inteligência da Fonte entregue pelos bio-circuitos reconectados ativa nossa identidade essencial. Inicia uma limpeza da arena arquetípica, não por reprogramação, mas por sintonizar o sistema coração-mente-corpo em ressonância coerente com o projeto original do Homem, que é incorporado na matriz Humanos.

 Estes circuitos, uma vez restabelecidos, dissolvem, desintegram a vergonha e culpa baseada em construções da ideologia meramente intelectual predominante. Definições errôneas de Deus, enraizadas pela regência da doutrinação das religiões, que reinaram supremas dentro da arena arquetípica da psique humana, são substituídos com a verdade ressonante das frequências geometricas da criação, uma verdade que não é imposta ao indivíduo com as imprecisões dos dados reunidos historicamente, mas que se desdobra como um resultado de alinhamentos orgânicos instigada pelo reencontro com a Fonte.

 A Geometria Sagrada

  A natureza alquimica da geometria tem uma frequência harmônica ressonante com ativação diretiva da Vida, que é transmitida a partir do Coração do Cosmos e do pulso receptivo de integração que emana do núcleo cristalino do planeta Terra. Este código geometricamente replica o “namoro tântrico” da criação. A unidade individual Humanos do circuito é o mediador conjugal dessas duas frequências de criação, ressuscitando o templo do corpo humano como o recinto sagrado para o casamento sagrado da “Mãe da Forma” e do “Pai da Consciência”.

 Transmutar o modelo histórico de comportamento cultural (e da linguagem patriarcal que emprega) para transcender a estrutura dualista da psicologia atual, escoltando-o para a arena de experiência alquímica, inicia cura das feridas de abandono e traição que têm perseguido a raça humana.

 Cura é o equilíbrio inato, uma reconexão do campo eletromagnético do ser humano com o campo da grade eletromagnética da Terra que por sua vez conecta para a magnitude do impulso da Vida que emana incessantemente de Núcleo Galáctico/Fonte/Universo Inteligente.

 O abraço do modelo holonômico que governa toda a existência ressuscita o potencial para a auto-rejuvenescimento, que é o nosso estado natural.

 Somos uma raça imortal trancada em um paradigma mortal.

  Através de Reconexão com a  pura energia da Consciência Fonte, através da Reconexão de linhas axiatonais, de circuitos, a identidade do núcleo imortal abraça, envolve a matriz divina original da forma que é o corpo físico, e que define o ser humano como um instrumento de luz e amor da benevolência da Criação.

Reconexão, a experiência que está Evolucionando o mundo!

REDE AXIATONAL DA TERRA

Rede Axiatonal da Terra

REDE AXIATONAL DA TERRA

Rede Axiatonal da Terra
Rede Axiatonal da Terra - A rede é um “fractal holográfico”

Para se falar da rede axiatonal da Terra é necessário explicar primeiro o que é uma rede axiatonal.

Em palavras simples para começar, é uma estrutura geométrica de linhas angulares dividida de maneira indefinida que se reduz em partes, que se apresentam como cópias reduzidas de todo um conjunto; ou seja, é uma matriz de linhas de energia angular estendida por cima do planeta… mas a “rede” é muito mais do que isso.

A rede é um “fractal holográfico”.

Para quem desconhece o significado, aqui fica:

Fractal: é uma rede de linhas de energia, dispostas de modo que formam ângulos;

Holográfico: é uma imagem de 3 dimensões, obtida mediante o uso do laser… os conhecidos hologramas.

As redes fractais holográficas abarcam TUDO O QUE EXISTE, toda a criação, incluindo todo o universo físico e todos os níveis dimensionais. Fornecem os modelos para a criação e são a sua manutenção.

As redes são animadas, são um projecto da própria Consciência Suprema, manifestada de forma harmoniosa.

O conceito das redes é fácil de entender para quem estudou a Geometria Sagrada.

Em Geometria Sagrada as redes são expressões de energia e de consciência, que seguem proporções definidas pelos princípios desta Geometria, que abrange todo o Universo Multidimensional.

A Geometria Sagrada é o estudo das ligações entre as proporções e formas contidas no microcosmo e no macrocosmo, com o propósito de compreender a Unidade que premeia toda a Vida. (in Manual de Geometria Sagrada).

Através dela ficamos a saber que toda a vida emerge de um mesmo padrão; que a vida floresce de uma mesma fonte: -“a força criativa inteligente, de amor incondicional”— a que chamamos de ESPIRITO, MENTE SUPREMA, DEUS, etc.

A rede é, por isso, uma expressão da Geometria relacionada com a evolução da CONSCIENCIA, incluindo a mente, corpo e espírito, em termos geométricos.

Tendo em consideração estas explicações, é fácil entender que a rede fractal holografica não é uma coisa apenas “estática” e de “formas angulares.

Ela é uma “entidade orgânica e viva”, em constante evolução transcendental, numa materialização ascendente e descendente, passando de uma forma a outra.

Desta forma podemos compreender o seguinte:

  1. Que a rede do planeta é uma expressão “real” geométrica e energética dos princípios da “criação” e que serve de “ponte” entre as manifestações físicas e as espirituais.
  2. Que a rede do planeta foi criada antes do Big-Bang, no momento em que o vazio se estava preparando para o nascimento do Universo físico; tal como está descrito nas estâncias do Livro de Dzian.
  3. Que qualquer projecto de criação divina é antecipado pela criação de uma rede e que ela é o guia ou projecto dentro do qual são lançados os protões, electrões, átomos e as energias ou compostos necessários para a criação e organização do projecto conscencial.
  4. E que neste contexto, a rede assegura a distribuição adequada e o alinhamento dos componentes necessários, que são, como se diz, os blocos de construção para a criação.

Assim aconteceu na Terra e com o TODO que foi, está sendo, e será CRIADO.

Para além deste extraordinario TODO referido, a “rede fractal holográfica” fica ordenada numa conexão “eterna”, distribuindo adequadamente o alinhamento, a força vital, e as energias adequadas para o equilíbrio das correntes de frequência necessárias para tornar eficaz o “espectro energético de frequências” do nosso planeta.

Nota: este “espectro” deve ser entendido como um feixe de radiação electromagnética, ordenado de acordo com as “frequências” do seu comprimento de onda.

Para concluir, concebe-se que para criação e formação de qualquer elemento é necessário a existência de uma rede factral holografica que irá servir de modelo e de receptáculo para o acamamento das “matérias primas”, já referidas, que emanam do ESPIRITO para o Etérico— do liquido para o gasoso e deste para os materiais densos.

Isto demonstra que o trabalho da CONSCIENCIA SUPREMA move-se através das gradações de diferentes densidades, afectando nível por nível desde o mais subtil ao mais denso.

Um exemplo interessante a saber é ser necessária uma rede para cada um dos 108 elementos da Tabela Periódica porque sem a existência dessa rede a “configuração atómica” de qualquer criação perderia a capacidade de se manter “auto-organizada”, ou seja, acabaria por desmoronar-se.

Entende-se que desta forma, a existência de uma rede, seja necessária, para cada uma das espécies de criação, desde bactérias, fungos, insectos, plantas, animais, etc. á rede mais complexa, jamais criada, que é a rede envolvente do  corpo físico do homem.

Autoria: Investigação da matéria/Composição e comentários por Maria Helena Guerra

%d blogueiros gostam disto: